Área do Aluno e do Professor



bt-access

Realização



sbm

 

 

 

logo-profmat

 

 

 

logoim

 

 

 

logo-ufal

Apoio

 

 

logocapes.small

Visitantes

Nós temos 5 visitantes online

Estatísticas de Acesso

Visualizações de Conteúdo : 48276


Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional
Resultado PROFMAT 2015 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Ter, 26 de Julho de 2011 21:00

 

Para visualizar o resultado do Mestrado Profissional em Matemática (PROFMAT) 2015, clique aqui.

 

A coordenação do Mestrado Profissional em Matemática – PROFMAT/UFAL comunica que as matrículas dos candidatos aprovados no ENA 2015, para o polo Maceió, serão realizadas no período de 26 à 27/01/2015, das 08h00min as 13h00min, na secretaria do PROFMAT, no Instituto de Matemática. Confira aqui a documentação necessária para realização da matrícula.

Última atualização em Ter, 20 de Janeiro de 2015 16:42
 
logo-im-front logo-ufal-front logo-profmat-front logo-sbm-front

 

Pós-graduação stricto sensu para aprimoramento da formação profissional de professores da educação básica. Programa semipresencial, com bolsas CAPES para professores em exercício na rede pública.


APRESENTAÇÃO

O PROFMAT - Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional é um curso semipresencial, com oferta nacional, realizado por uma rede de Instituições de Ensino Superior, no contexto da Universidade Aberta do Brasil, e coordenado pela Sociedade Brasileira de Matemática.

O PROFMAT visa atender professores de Matemática em exercício no ensino básico, especialmente na escola pública, que busquem aprimoramento em sua formação profissional, com ênfase no domínio aprofundado de conteúdo matemático relevante para sua atuação docente. O Programa opera em ampla escala, com o objetivo de, a médio prazo, ter impacto substantivo na formação matemática do professor em todo o território nacional.

Os objetivos do PROFMAT são consistentes com a missão estatutária da SBM de "Estimular a melhoria do ensino de Matemática em todos os níveis" e também vem ao encontro da Proposta de Lei PL-8035/2010(Plano Nacional de Educação), que coloca como um dos objetivos nacionais para o decênio 2011 - 2020 "Formar cinquenta por cento dos professores da educação básica em nível de pósgraduação lato e stricto sensu e garantir a todos formação continuada em sua área de atuação".

O PROFMAT foi recomendado pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior – CTC-ES da CAPES, em sua reunião, realizada nos dias 25 a 29 de outubro de 2010. O Programa é coordenado pelo Conselho Gestor e pela Comissão Acadêmica Nacional, que operam sob a égide do Conselho Diretor da Sociedade Brasileira de Matemática, e é executado pelas Comissões Acadêmicas Locais das Instituições Associadas.


COORDENAÇÃO NACIONAL DO PROFMAT

Conselho Gestor

  • Prof. Marcelo Viana (IMPA e SBM) - Presidente
  • Prof. Celso Costa (UFF) - Representante da CAPES
  • Prof. Elon Lages Lima (IMPA) - Cordenador Acadêmico
  • Prof. Jacob Palis (IMPA) - Representante da Comunidade
  • Prof. Luiz Davidovich (UFRJ) - Representante da Comunidade

Comissão Acadêmica

  • Prof. Elon Lages Lima (IMPA) - Coordenador Acadêmico
  • Prof. Eduardo Wagner (FGV) - Coordenador Adjunto
  • Prof. Abramo Hefez (UFF) - Coordenador de Produção de Material Didático
  • Prof. Eduardo Colli (USP) - Coordenador de Avaliação
  • Prof. Paulo Caetano (UFSCAR) - Coordenador de Informação e Comunicação a Distância
  • Prof. Carlos Alberto Raposo (UFSJ)  - Representante do Corpo Docente
  • Profa. Marcela Luciano Vilela de Souza (UFTM) - Representante do Corpo Docente
  • Prof. Marcelo Viana (IMPA e SBM) - Presidente do Conselho Gestor

SOBRE A UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS

A Universidade Federal de Alagoas – maior instituição pública de ensino superior do Estado - foi criada em 25 de janeiro de 1961, por ato do então presidente Juscelino Kubitscheck, reunindo as Faculdades de Direito (1933); Medicina (1951), Filosofia (1952), Economia (1954), Engenharia (1955) e Odontologia (1957).

O novo Estatuto da UFAL, aprovado pela Portaria do MEC nº 4.067, de 29.12.2003, estabeleceu critérios para que um Centro ou Departamento pudesse se tornar uma Unidade Acadêmica. Em janeiro de 2006, foi homologado o Regimento Geral, através da Resolução Nº 01/2006 – CONSUNI/CEPE, originando uma nova estrutura organizacional.

São 25.283 alunos de graduação, distribuídos em 23 Unidades Acadêmicas do Campus Maceió, além dos campi Arapiraca e Sertão. Os cursos de graduação estão assim distribuídos: 53 cursos no Campus Maceió, 19 no Campus Arapiraca e suas Unidades de Palmeira dos Índios, Penedo e Viçosa, além de oito cursos do Campus do Sertão, com sede em Delmiro Gouveia e a Unidade de Santana do Ipanema.

Na modalidade de pós graduação são 2.312 alunos distribuídos em 26 mestrados, 8 doutorados e 13 especializações. Atualmente a Universidade comporta 250 grupos de pesquisas, 1.072 linhas de pesquisa e 3.646 pesquisadores entre professores, técnicos e alunos

A instituição lhes oferece os Programas: Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC/CNPq; Programa de Educação Tutorial – PET; Monitoria, Estágio e Bolsas de Estudo/Trabalho. Some-se, ainda, as bolsas adquiridas nos editais da SESU/MEC para programas como Afro-Atitude, Cotas, dentre outros. Mantém cerca de 600 convênios com empresas e instituições públicas e privadas.

São 1.502 servidores técnico-administrativos compondo o quadro, dos quais 797 são lotados no Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes, órgão de apoio acadêmico que mantém relação funcional com as unidades acadêmicas, principalmente da área de saúde, fazendo ensino, pesquisa e assistência. São 1.333 docentes, crescendo em 2008, no percentual de 28%.

A presença da UFAL no território alagoano, por meio de suas atividades de ensino, pesquisa, extensão e assistência, representa importante vetor de desenvolvimento de Alagoas, sobretudo por se tratar de um dos Estados que apresenta maiores indicadores de desigualdades do Brasil. Mas, ao mesmo tempo, significa enfrentar enorme desafio para exercer plenamente a sua missão social neste contexto periférico, de grandes limitações e precariedades.


ufal-img-01 ufal-img-02 ufal-img-03

SOBRE O INSTITUTO DE MATEMÁTICA

O Curso de Matemática da UFAL foi criado em 29/09/1974. Nesses mais de trinta anos, formamos cerca de 250 licenciados e bacharéis em Matemática. Contamos com um corpo docente qualificado, com 13 doutores e 7 mestres. O curso de graduação recebeu conceito "A" em todas as edições do antigo Provão e conceito 4 no último ENAD. As atividades de pesquisa vem crescendo consistentemente através dos anos, principalmente após a criação do Mestrado em Matemática.


img-01 img-02 img-03

 


SOBRE MACEIÓ

Maceió - Paraíso das Águas

Maceió é a capital do estado brasileiro de Alagoas. Localizada no Nordeste do país, tem uma população de 936.608 habitantes (2010) e um território de, aproximadamente, 503 km². Integra, com outros dez municípios, a Região Metropolitana de Maceió, somando um total de cerca de 1.160.393 milhão de habitantes(IBGE/2007). Sua altitude média é de sete metros acima do nível do mar, e tem uma temperatura média de 30 °C. O município situa-se entre o Oceano Atlântico e a lagoa Mundaú, que tem grande importância econômica para os povoados de pescadores que vivem em sua margem. É sede da Universidade Federal de Alagoas.

Maceió - Localização

Acesso Aeroviário

Em setembro de 2005, Maceió passou a contar com um dos mais modernos aeroportos do país, o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, que conta com sistema de co-geração de energia e capacidade para 1,2 milhão de pessoas. O aeroporto foi construído com recursos da Infraero, Governo Federal e Governo Estadual. Os destinos diários diretos (sem escala/conexão) saindo da capital alagoana são: Belo Horizonte (CNF), Fernando de Noronha (FEN), Recife (REC), Salvador (SSA), Aracaju (AJU), Vitória (VIX), São Paulo (GRU), Brasília (BSB), Rio de Janeiro (GIG), Campinas (VCP) e Paulo Afonso (PVA). Além disso, o aeroporto está plenamente habilitado para operar vôos internacionais, o que acontece com maior frequência na temporada de verão. Em 2009, apresentou movimento de mais de 1 milhão passageiros, dos quais mais de 22.000 provenientes de vôos internacionais vindo da Itália, Argentina, Chile, Alemanha, Portugal, Estados Unidos, Inglaterra, França, Espanha entre outros países.


Aeroporto Zumbi dos Palmares

 

Praias Urbanas

Maceió possui várias praias urbanas que são visitadas por muitos turistas, por exemplo, as praias de Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Cruz das Almas, famosas por suas belezas naturais. Para mais informações e fotos visite a nossa galeria de imagens.

Maceio Beachs

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Maceió